Interessante

Como muçulmanos ordens sociais e familiares muçulmanas diferem dos cristãos: comparação, semelhanças e diferenças. Qual é a diferença entre muçulmanos e cristãos em sua atitude para com a família, igualdade de gênero, os idosos? Semelhanças e Diferenças entre a Fé Muçulmana e a Fé Cristã: Comparação

Cristianismo e Islamismo: semelhanças e diferenças. Detalhes sobre religiões, suas semelhanças e diferenças.

Desde os tempos antigos, as pessoas foram divididas em dezenas de religiões, mas agora, se você não levar em conta uma pequena porcentagem da população mundial, as pessoas são divididas em muçulmanos e cristãos. Ambas as religiões acreditam em um só Deus e na criação da Terra, mas é aí que as semelhanças entre as crenças terminam. Neste artigo, forneceremos exemplos ilustrativos das semelhanças e diferenças entre as duas religiões, assim como a religião afeta tanto a nós como o país como um todo.

Como são as ordens sociais e familiares muçulmanas, modos de vida diferentes dos cristãos: comparação, semelhanças e diferenças

Ambas as religiões se originaram mais de 2000 anos atrás, e devido à sua aceitação por vários governantes, elas se tornaram difundidas e deixaram uma marca inestimável em nossas vidas. Em que país você mora? Cristão ou Muçulmano? É o suficiente para responder a esta pergunta e você pode dizer muitas coisas sobre você, suas atitudes, feriados, visão de mundo.

Família religiosa - harmonia e paz

Diga-me, você não é ateu e a religião não abana você? Mas você vai de férias com o resto da sociedade do seu país? Mas eles são 99% devido à religião. E a atitude em relação ao casamento, o número de filhos, a comunicação com os pais e até o momento de deixar o ninho parental - tudo tem raízes religiosas. Podemos negar nosso envolvimento na fé, mas isso envolve profundamente nossas vidas e afeta diretamente o curso de nossos pensamentos e ações.

Nós damos uma tabela de semelhanças e diferenças, bem como a religião afeta nossas vidas.

CristianismoIslamismo
Relação com o único DeusO cristianismo prega o amor de Deus, sua aceitação em seu coração. Além disso, supõe-se que depois de perder a fé por um tempo, você pode mais tarde recuperá-la, amar a Deus, etc.O Islã prega o reconhecimento do Deus Único de Allah como o mais alto poder desde o nascimento e não é permitido nenhum desvio durante a vida.
A suposta reação do único Deus aos pecados do homemApesar da gravidade do pecado, uma pessoa pode sinceramente se arrepender e ser perdoada.Uma pessoa deve lembrar os mandamentos e não violá-los em nenhuma circunstância. Mas vale lembrar que no Islã muitas ações são estritamente proibidas no cristianismo.
Atitude em relação à sociedade e inimigosO cristianismo prega amar o próximo como a si mesmo, e também perdoar os inimigos e não acumular o mal e o ressentimento. Os mandamentos que devem ser seguidos são importantes: nem inveja, nem ser tentado pelas realizações e pela beleza dos outros, sem desperdício e excessos. Também é importante ser gentil e ajudar tanto seu vizinho quanto seu inimigo.O Islã prega para tratar os outros como irmãos e seguir estritamente os mandamentos. Ao mesmo tempo, um muçulmano deve combater o mal, tanto com ele quanto com seus inimigos. Vale a pena prestar atenção que neste caso o mandamento diz matar os inimigos se eles não passarem para o lado bom.
Feriados, ritos, açõesUma variedade de serviços, orações, jejum, que são recomendadas para participar e aderir, mas para muitos, há muitas indulgências e variações. O principal e ao mesmo tempo atingir pessoas de outras religiões é a comunhão, tomando vinho como o sangue de Cristo e pão como carne.

Cinco deveres que não devem ser violados:

· Adesão ao Islã - "Não há Deus senão Alá, e Maomé é seu dom";

· Orar diariamente cinco vezes, seguindo rigorosamente as regras e sequências;

· Observe estritamente o jejum no Ramadã;

· Pelo menos uma vez na vida hajj para Meca.

Qual é a diferença entre muçulmanos e cristãos em sua atitude para com a família, igualdade de gênero, os idosos?

As fundações da família são um claro eco da religião, fortalecidas por ordens centenárias no estado. Os cristãos sempre foram iguais às mulheres, de acordo com a religião, um homem deve ter apenas uma esposa viva (em caso de morte ele pode tomar uma nova), com quem viverá em tristeza e alegria, partilha e glória e desgraça juntos. Mas os muçulmanos podem ter várias esposas e até várias concubinas. Mas antes de tomar uma esposa, ele é obrigado a confirmar sua viabilidade e o fato de que ele será capaz de sustentar adequadamente sua esposa / esposas e filhos que aparecem em casamento.

O pensamento de um cristão e um muçulmano

Parece que, inequivocamente, as mulheres cristãs eram mais afortunadas, especialmente na atualidade, onde há igualdade completa. Mas agora as mulheres, mais uma vez olhando para a situação, declaram cada vez mais que os benefícios não são tão bons, porque não apenas os lares e os filhos são confiados a eles, mas muitas vezes eles se tornam chefes de família.

Nos países muçulmanos, como nos países cristãos, os divórcios são permissíveis hoje em dia. Mas nos países islâmicos, as crianças permanecem com o pai, que as apóia, educa e prepara para a vida adulta. Mas nos países cristãos, os pais após o divórcio freqüentemente se tornam frios com as crianças e não prestam atenção suficiente a eles. Na maioria dos casos, a mãe é totalmente responsável pela manutenção e educação.

Os cristãos respeitam seus pais com respeito, mas quando eles saem do ninho de seus pais, eles seguem sua jornada de vida, ajudando os pais mais remotamente. Mas o Islã, pelo contrário, prega total reverência e obediência aos pais. Enquanto os pais estiverem vivos, os homens consultam-nos em todas as ocasiões importantes, enfatizando assim a sua importância.

Semelhanças e Diferenças entre a Fé Muçulmana e a Fé Cristã: Comparação

IslamismoCristianismo
Número de deusesSolteiroSolteiro
O número de santos e anjosMuitosMuitos
A religião nega o politeísmo (paganismo)Sim, mas o Islã prega que as pessoas que não acreditam em Alá são inimigas, e é necessário combatê-las, porque isso é uma luta contra o mal. Mas hoje em dia há cada vez mais tolerância e paz nos ensinamentos.Sim, de todas as maneiras possíveis, puxando os pagãos para o lado deles, embora na Idade Média houvesse Cruzadas.
Deus é imaterial?Não, a espiritualidade não é um atributo de Allah.Sim, Deus é o poder mais alto e nós, nossas almas e tudo ao nosso redor, criamos Deus a partir de suas partículas.
Deus é puro amor?Não, Allah é o poder mais alto em que há amor e qualidades negativas que punem os infiéis.Sim, Deus no cristianismo está perdoando e amando suas criaturas.
Deus e astúciaSim, porque como está escrito no Alcorão, "Allah é o melhor dos truques"Não, no cristianismo, mentiras e astúcia são inerentes apenas ao diabo.

Que fé era antes: cristão ou muçulmano

Apesar do debate acalorado, os historiadores provaram que o judaísmo, o cristianismo e o islamismo vieram de uma única fonte com uma diferença de 500 a 1000 anos. Como tudo novo que surgiu nos tempos antigos, não foi fixado, e dado que, por uma questão de distribuição e popularização, a religião era muitas vezes envolvida em lendas de múltiplas camadas, mistério, etc. a data exata da criação não é conhecida. Mas os pontos de referência são conhecidos por nós com certeza:

  • Contagem regressiva do cristianismo desde o primeiro aniversário de Jesus. Ou seja, este ano é 2018 anos desde o início da contagem regressiva;
  • Os muçulmanos começaram a contagem regressiva com o nascimento do Profeta Muhammad 570-632 AD.

Mas o judaísmo estava na fonte, já que aqueles que negaram a ressurreição de Jesus criaram seu próprio ramo - o judaísmo.

O que une as religiões muçulmana e cristã?

Como você tem notado em ambas as religiões, um Deus a quem tanto os anjos como os outros são completamente subordinados. Deus pode encorajar e punir, e também perdoar pelos pecados. Em ambas as religiões, Deus é a mais alta autoridade que nos ajuda a viver, graças a quem vivemos.

O Papel da Igreja e da Religião na Vida de Muçulmanos e Cristãos: Uma Comparação

Cristãos vão à igreja nos feriados, verdadeiros crentes em todo serviço no domingo. O Islã não exige isso e é suficiente ir à mesquita nos feriados e quando a alma requer. Mas um pré-requisito é uma oração diária de cinco dias.

Sobre a influência da religião na vida diária de uma pessoa:

  • Acredita-se que os cristãos violam com mais frequência seus mandamentos, na medida em que posteriormente esperam o perdão dos pecados;
  • Os muçulmanos guardam cuidadosamente os mandamentos, pois Allah pode ficar com raiva e piorar significativamente a vida de não apenas uma pessoa, mas também seus descendentes.